Projeto e Instalação de Sistemas Solares Fotovoltaicos

Módulos Fotovoltaicos ( Painéis Solares)

- Energia solar fotovoltaica é a conversão da energia solar em eletricidade, uma célula fotovoltaica (ou solar) é o dispositivo elétrico que converte a luz em energia elétrica pelo efeito fotovoltaico. O conjunto dessas células são agrupados para fazer os módulos solares (painéis ou placas) para capturar a energia, e essa energia é a “Energia Solar Fotovoltaica”

 - Existem basicamente dois tipos de Sistemas solares fotovoltaicos: Os sistemas isolados ou autônomos (OFF GRID) e os sistemas conectados à rede (ON GRID).

Os sistema isolado autônomo (OFF GRID), é aquele que não está conectado à rede elétrica da concessionária.

- Em geral um sistema autônomo costuma ser instalado em área remota não suprida por rede elétrica, mas também pode ser instalado em uma cidade desde que não se conecte a rede elétrica da concessionária; além disso pode suprir eventuais faltas de energia de sua concessionária.

- Um sistema OFF GRID é composto de: Painéis solares; Controlador de carga; Banco de baterias e Inversor CC/CA.

- Um sistema ON GRID sistema fotovoltaico conectado a rede elétrica (SFCR) dispensa a necessidade do uso de armazenadores de energia. Como decorrência , além de economizar nas compra de acumuladores (baterias) , o desempenho dos sistema conectados à rede aumenta , diminuindo  assim o custo da energia fotogerada que é inteiramente aproveitada de alguma forma. Podendo ser entregue totalmente à rede da concessionária quando não esteja havendo consumo na unidade consumidora (UC), assim gerando integralmente os créditos ou sendo parcialmente consumida na UC , isto é, gerando a mais que o consumo interno e devolvendo parte dessa energia a rede  da  Concessionaria também gerando créditos.

- Os fluxos da energia na edificação  são medidos por contadores de kWh, necessários para contabilizar a energia comprada da rede e a vertida à rede gerada pelo SFCR. O faturamento  da energia gerada pelo sistema  SFCR depende da regulamentação especifica.  Resolução  Normativa 482 de abril de 2012.

- Já em março de 2017  a  Resolução Normativa 687 agregou novas modalidades para a Geração Distribuída com as modalidades de Auto-Consumo Remoto  Geração Compartilhada e Geração em condomínios.

- Auto consumo remoto: Consumidores que não possuem espaço para a instalação dos módulos fotovoltaicos em seus locais , como apartamentos, empresas em salas comerciais  , antes não tinham a possibilidade de usufruir dos benefícios da energia solar. Agora sendo possível fazer a  instalação de sistemas em outra localidade desde que seja de mesma  titularidade e esteja na mesma área de  concessão da distribuidora . poderá utilizar o crédito energético para o abatimento do consumo em seu local.  

Geração Compartilhada: Anteriormente a utilização dos créditos ficava restrito ao consumidor, tanto pessoa física com jurídica. Agora é possível que os consumidores se unam   através de um consórcio  ou cooperativa, desde que as unidades consumidoras estejam dentro da mesma área de concessão da distribuidora e compartilhem a energia gerada entre eles.

Geração em condomínio: Os condomínios com pouca área  de telhado como um prédio , podem repartir a energia gerada entre os moradores. as cotas dos créditos para o consumo de energia serão abatidas de forma independente na fatura de cada participante de acordo com um percentual definido previamente.